Realização de testes de diagnóstico à Covid-19 para os pescadores

No dia em que se celebra o Dia Europeu do Mar, é assinado protocolo para a implementação de testes de diagnóstico à Covid-19 aos pescadores de Peniche e Nazaré, entre o Ministério da Saúde, Ministério do Mar (DGRM), Docapesca, autarquias respetivas, a Organização de Produtores da Pesca do Centro, a Cooperativa dos Armadores da Pesca Artesanal, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Peniche, e o Politécnico de Leiria, onde se realizarão os testes.

À semelhança do que está a ser implementado noutros setores de atividade, mais expostos ao risco de contágio pela Covid-19, a implementação de testes de diagnóstico aos pescadores já teve início, segundo fontes noticiosas, na sexta feira passada, dia 15 de Maio.

O protocolo hoje assinado no Politécnico de Leiria contará com a presença de diversas entidades locais e nacionais ligadas ao setor, e a Mútua estará representada pelo seu Vice-Presidente, João Delgado.

Com este acordo, o Politécnico amplia a sua capacidade para a realização de 500 testes laboratoriais para diagnóstico aos pescadores que exercem a sua atividade nos portos de pesca de Peniche e da Nazaré. As análises serão asseguradas pelo Centro Diagnóstico Covid-19 do Politécnico de Leiria, instalado no edifício CETEMARES, em Peniche.

Este laboratório entrou em funcionamento a 27 de Abril e está dedicado à realização de 3.000 testes à Covid-19 aos utentes e trabalhadores das Estruturas Residenciais para Idosos e dos Serviços de Apoio Domiciliário nas Comunidades Intermunicipais da Região de Leiria e Região Oeste e “noutros locais que se mostre como necessário”, sob coordenação do Instituto da Segurança Social, através de um protocolo assinado com o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. Nas últimas duas semanas foram realizados, aproximadamente, 1.000 testes.

Ver notícias sobre este assunto:
Gazeta das Caldas e Jornal de Notícias, notícias consultadas a 20/05/2020

Print Friendly, PDF & Email