Mútua dos Pescadores, cooperativa de seguros ao serviço dos seus cooperadores, tomadores de seguro e segurados

A Mútua emitiu um comunicado de imprensa onde se anuncia uma das medidas tomadas no atual contexto da crise de saúde pública, para benefício de todos os seus utentes.

Comunicado de imprensa:

Confiante na sua solidez financeira e ancorada na sua história na proteção dos riscos de pessoas e bens, a Mútua dos Pescadores decidiu suspender a obrigação de pagamento dos seus seguros por um período 90 dias, permitindo aos tomadores de seguros pagarem apenas após o retomar da sua atividade no fim da crise de saúde publica que o País e o Mundo atravessam.

A Mútua dos Pescadores, a seguradora portuguesa sob a forma de cooperativa, assume o seu papel enquanto entidade da Economia Social, e os seus valores cooperativos, colocando sempre a sua atividade ao serviço das pessoas e das entidades que consigo trabalham.

As medidas agora anunciadas não são novas para os armadores da Pesca Profissional que há muito conhecem as políticas de subscrição e pagamento de seguros realizadas pela Mútua, bem como o apoio institucional às diversas preocupações do setor.

Quanto à atividade Marítimo Turística, esta decisão terá um impacto determinante na sobrevivência de muitas empresas que, num ano normal, estariam neste momento a retomar a sua atividade.

Este é, mais uma vez, o momento da Mútua dos Pescadores assumir a sua posição de liderança nos seguros do setor da Pesca e da atividade Marítimo Turística, mas também a sua presença como seguradora do setor cooperativo e social, e de todos os que a si recorrem, capaz de dar respostas neste período particularmente exigente para as pessoas, entidades e empresas.

A Mútua continua a trabalhar com uma rede de balcões que, para além de cobrir os maiores Portos do País, está igualmente presente em todas as regiões do Continente, na Madeira e nos Açores, prontos a encontrar a melhor solução em termos de seguros.

Print Friendly, PDF & Email