Categoria: Sector cooperativo e social

CAMPANHA PIRILAMPO MÁGICO 2018

A CAMPANHA DO PIRILAMPO MÁGICO 2018 JÁ COMEÇOU!

À descoberta de novas fronteiras

A Campanha do Pirilampo Mágico aí está! Desta vez o bichinho reluzente tem uma cara nunca antes vista e vem à descoberta de novas fronteiras! Aventure-se com ele e ajude o trabalho da Fenacerci – Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social com as crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual e/ou multideficiência.

Ler Mais

Animar promove iniciativas pela IGUALDADE no Alentejo

Marcha pela Igualdade e Direitos Humanos – Setúbal
A Seies convida escolas, estudantes, movimento associativo, colectivos de cidadãs e cidadãos, entidades públicas e todas as pessoas que acreditem num mundo mais humano, mais justo e mais igual a aderirem à Marcha pela Igualdade e Direitos Humanos, no dia 19 de Abril, em Setúbal.

Marcha pela Igualdade e Direitos Humanos – Aljustrel
Em Aljustrel a Marcha é organizada pelo Projecto É Agora! 3G CLDS do Concelho de Aljustrel em parceria com o Agrupamento de Escolas e a Câmara Municipal de Aljustrel.

Ler Mais

ACEP – Revista Mundo Crítico

A ACEP – Associação para a Cooperação Entre os Povos, organização com a qual partilhamos o mesmo edifício e idênticas preocupações de solidariedade, acaba de lançar o primeiro número do Mundo Crítico – revista de desenvolvimento e cooperação.
É um periódico semestral, de bom aspeto gráfico, repleto de conteúdos substanciais e diversificados, mas confluindo na missão central da ACEP, que consiste em promover ações de cooperação que ajudem a acelerar o desenvolvimento sustentado e humanizado, sobretudo no espaço da lusofonia.

Ler Mais

Luto Associativo Nacional

Confederação Portuguesa das Coletividades solidária com os trágicos acontecimentos de Vila Nova da Rainha

Em consequência do trágico incêndio na Associação Recreativa e Humanitária de Vila Nova da Rainha, concelho de Tondela, que vitimou mortalmente 8 pessoas e deixou 38 feridos, no passado sábado, dia 14 de janeiro 2018, a Confederação Portuguesa das Colectividades de Cultura, Recreio e Desporto, manifesta a sua solidariedade para com os familiares e amigos das vítimas, e comunidade, recomendando a todas as Associações, Colectividades e Clubes que manifestem a sua solidariedade com a Associação, observando três dias de Luto Associativo Nacional, colocando a Bandeira da Associação a meia haste e guarde 1 minuto de silêncio em todas as cerimónias ou reuniões que se realizem entre os dias 15 e 17 de Janeiro.

Também a Mútua presta por esta via a sua solidariedade para com os familiares das vítimas e para com a coletividade de Vila Nova da Rainha.

Ler Mais