Arte Xávega na Praia e no Teatro

Projeto artístico com a comunidade

O coletivo cultural “DEMO” sediado em Guimarães, trabalhou com pescadores e peixeiras de Pedrogão, ligados à arte Xávega, na criação de um documentário, uma peça de teatro e outras iniciativas partilhadas com a comunidades envolvente.

No dia 22 e 23 de Setembro, leva ao Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, a adaptação para o palco do espetáculo Meia Praia Mar, apresentado, no final de Agosto, na Praia do Pedrógão. E nos dias 24 e 25 de Setembro, no museu da imagem e movimento, em Leiria, está prevista a projeção da curta-metragem Estrada Atlântica.

Tal como outros projetos deste coletivo cruzam-se aqui vários saberes e artes performativas, com as pessoas e suas realidades e vivências, resultando um trabalho coletivo, em que todos se reconhecem.

“Pescadores e peixeiras, protagonistas de uma tradição ancestral na Praia do Pedrógão, juntaram-se aos artistas em vários momentos de “recolha e partilha”, explica Cheila Pereira, co-directora artística do colectivo DEMO. “Às vezes, mais fortes do que estar connosco em palco”. Objectivo: reunir memórias, vivências e costumes que representam uma cultura e uma identidade.” (Jornal de Leiria on-line, acedido a 23/9/21)
“Para Cheila Pereira, “através da arte ou da criação artística contemporânea”, surge “uma nova perspectiva” que confere visibilidade e significado a “patrimónios muitas vezes em vias de extinção” e permite “cristalizar conhecimentos que de outra maneira podem ficar perdidos”. Na Praia do Pedrógão, por exemplo, só resta uma companha (tripulação) que parece manter-se mais por valor afectivo do que económico.” (idem)

Ver no Jornal de Leiria
Conhecer o Coletivo DEMO

Fotografia em https://www.jornaldeleiria.pt/noticia/arte-na-comunidade-pescadores-no-palco-casulos-para-migrantes-e-criancas-que-sao-actores

Fotografia em https://www.jornaldeleiria.pt/noticia/arte-na-comunidade-pescadores-no-palco-casulos-para-migrantes-e-criancas-que-sao-actores

 

Print Friendly, PDF & Email