Reabertura da safra da Sardinha!

A partir das 00:00 horas do dia 2 de maio de 2024, os pescadores portugueses poderão retomar a pesca da sardinha.

“Duas das mais importantes pescarias portuguesas perceberam, em momentos diferentes, que o mar pode ser eterno, mas os recursos nem por isso. Acontecera com a frota do bacalhau, afastada dos Grandes Bancos, por uma moratória, nos anos 90; aconteceu com a da sardinha, que atravessou já neste século uma tempestade nunca vista. Mas a forma como o cerco se aguentou fica como exemplo para outras artes, que, por força da pressão sobre os recursos e do impacto da crise climática nos oceanos, poderão vir a enfrentar crises semelhantes.
É esta, não tenho dúvidas, uma das suas grandes lições. Uma lição de resiliência, de cooperação intrassectorial e interinstitucional que permitiu gerir o impacto de uma diminuição do esforço de pesca, até um reequilíbrio dos stocks.”

© Abel Coentrão (texto) e Helder Luís (fotografia),
Na língua da maré – Crónicas de mar e de mareantes, 80 anos da Mútua dos Pescadores, 2022, pág. 37

As regras de pesca durante o período da safra são definidas pelo Despacho n.º 4702-A/2024 , e de acordo com o que vem sendo estabelecido no plano conjunto de gestão desta pescaria, entre Portugal e Espanha, e as respetivas autoridades e organizações de produtores.

O despacho pode ser acedido no site da Associação Nacional das Organizações de Produtores da Pesca do Cerco: https://anopcerco.wordpress.com/2024/04/30/despacho-n-o-4702-a-2024-reabertura-da-pesca-da-sardinha-sardina-pilchardus/

Versão em PDF aqui: https://files.diariodarepublica.pt/2s/2024/04/084000001/0000200006.pdf

Fotografia: © Helder Luís, Sardinha, o sem fim da pesca do cerco, 2022, Edição CM Póvoa de Varzim
Fotografia: © Helder Luís, Sardinha, o sem fim da pesca do cerco, 2022, Edição CM Póvoa de Varzim

 

Print Friendly, PDF & Email