Peniche acolhe “Na língua da maré”

4 de novembro, 16h00, Auditório do edifício cultural

Inserido no programa “Novembro, mês do Mar” o livro editado para assinalar os 80 anos da Mútua será apresentado em Peniche, onde a pesca e o mar continuam a marcar o ritmo da cultura e da identidade local.

Celebra-se a 19 de novembro um ano do lançamento desta obra que juntou Abel Coentrão (jornalista) e Helder Luís (fotógrafo, designer), que através dos seus textos e fotografias colocam frente a frente pessoas e lugares de vários lugares da costa portuguesa, cada um com a sua história e problemática, aproximando-os uns dos outros e religando-nos também a todos em torno desses territórios e identidades.

O livro ajuda-nos a compreender melhor o país marítimo que somos efetivamente, por mais que nos queiram de costas voltadas.

Um livro baseado em reflexões, observações, recolhas bibliográficas, entrevistas e trabalho fotográfico realizados pelos autores, resultado de viagens a vários pontos da costa de Portugal continental e dos arquipélagos da Madeira e dos Açores, contatando com diversas pessoas e lugares das comunidades marítimas a quem os autores agradecem, “pelo tanto que [n]os inspiraram ao longo da viagem até este livro, que é um cais de papel onde cabe um pouco das suas vidas”.

É este “cais” que a Mútua quer também continuar a ser no futuro, porto seguro de todas as gentes do mar, pugnando para que esta língua da maré prossiga a sua viagem, e os seus autores, a quem estaremos sempre imensamente gratos, continuem no seu caminho, observando e questionando.

 

Print Friendly, PDF & Email