Expedição Lusitânia

“Salve os oceanos, salve a humanidade”

Partiram no dia 3 de abril, com destino ao Brasil, os 8 veleiros da expedição Lusitânia, que irão percorrer por mar o trajeto que Sacadura Cabral e Gago Coutinho fizeram por ar, há 100 anos atrás, homenageando assim a primeira travessia do Atlântico Sul da nossa história. A expedição é promovida pela Associação David Melgueiro e Associação Nacional de Cruzeiros, e leva consigo a insígnia “Salve os oceanos, salve a humanidade”.

Esta Expedição é um sonho tornado realidade, um projeto algo visionário, como visionária foi a volta há 100 anos, sobretudo pelo simbolismo da viagem que compromete a história e o engenho humano a uma das causa mais nobres e prementes dos nossos tempos, da urgência da mudança de hábitos de consumo e produção rumo a um futuro sustentável.

No dia 3 de Abril, os veleiros juntaram-se em frente à Torre de Belém, num festival AERONAVAL com a participação de Navios da Marinha e aviões da Força Aérea, e ainda com as embarcações da Marinha do Tejo e inúmeros veleiros, que escoltaram a frota de veleiros na sua partida com destino ao Rio de Janeiro.
O Veleiro “Zarco” e o veleiro “Polar” dois veleiros da Escola Naval acompanham a expedição durante a etapa de Lisboa até Las Palmas, nas Canarias.

A exposição coletiva de pintura “Oceano Mar é Vida “da Tertúlia de Artes da Associação David Melgueiro e a palestra do Comandante José Mesquita, da mesma Associação, o fio condutor das preocupações ambientais do projeto, animarão as diversas iniciativas que se farão ao longo da viagem.

A Expedição irá fazer escala em Las Palmas de Gran Canaria, no Mindelo na Ilha de São Vicente em Cabo Verde, e será pontuada com iniciativas culturais que cruzarão artistas locais e portugueses. No Mindelo, atuará o fadista Jorge Mendes acompanhado por José Braga à Guitarra e João Machado à viola e o Musico/compositor Silvestre Fonseca, e no Rio de Janeiro será a fadista Katia Guerreiro a preencher um dos momentos culturais.

A frota espera chegar a 25 de Junho ao Rio de Janeiro, depois de ter aportado a Fernando Noronha, Recife, Salvador da Baia, e Vitoria.

O Conselho de Administração da Mútua envia uma grande saudação a todos os nautas envolvidos nesta grande odisseia, em particular ao Comandante José Mesquita, que associou a Mútua ao projeto, fazendo votos para que a viagem decorra com toda a segurança e para que a sua mensagem chegue a bom porto.

Print Friendly, PDF & Email