“A um mar de distância”

Homenagem aos pescadores do bacalhau

aummardedistancia

“A um mar de distância” nasce do encontro de Abel Coentrão, jornalista e argumentista do filme, com Pedro Magano, realizador e também argumentista do filme, quando ambos encetavam uma pesquisa sobre os pescadores do bacalhau durante o Estado Novo. Uma pesquisa que nasce na história familiar de cada um deles, com antepassados pescadores do bacalhau nos Grandes Bancos da Terra Nova: Abel Coentrão, das Caxinas e Pedro Magano, de Ílhavo.

A partir da história de Dionísio Esteves – pescador de Vila Praia de Âncora que morreu em 1966, a bordo do navio Santa Maria Manuela, e que ficou, como tantos outros, sepultado no cemitério de Saint John’s – Pedro Magano (realizador e argumentista do filme) e Abel Coentrão (jornalista e argumentista do filme) seguem outras histórias de pescadores esquecidos, num exercício de “transladação, no espaço, e no tempo, da memória destes homens. Salvam-nos do esquecimento que a lonjura favorece. E é esse mesmo gesto que queremos alcançar, procurando os lugares onde eles ficaram, a um mar de distância.”, como escreve Abel Coentrão na página oficial do filme (http://aummardedistancia.com/pt/filme/a-um-mar-de-distancia/ ). Abel Coentrão já tinha iniciado este percurso antes, com a criação da Associação Bind’o Peixe também para defesa deste património e na qualidade de jornalista com artigos sobre este tema.

O filme foi possível graças ao apoio da RTP, Câmara Municipal de Vila do Conde, Câmara Municipal de Caminha, Câmara Municipal de Ílhavo, e, com muito orgulho, da Mútua de Pescadores. A produção coube à PIXBEE, produtora fundada pelo realizador.

“A um mar de distância” começa agora a sua odisseia e já está selecionado na categoria “Caminhos” do Festival do Cinema Português Caminhos, na sua 22ª edição.

A Mútua dos Pescadores saúda este encontro e irá acompanhar os passos futuros deste projeto maior de resgate da memória destes pescadores.


Próximas exibições do filme:
14 de janeiro 2017, 21h00 – Cineteatro de Caminha
21 de janeiro 2017, 16h00 – Nazaré
Não percam o trailer e outras histórias à volta do projeto na página oficial


 

Print Friendly, PDF & Email