Calendário de eventos e iniciativas

Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
Dom
Dezembro
1
2
  • EÇA TÃO PERTO!
    Dia inteiro
    02/01/2019-18/02/2019
    Imagem - Edição traduzida de “Os Maias”. Col. Luis dos Santos Ferro, extraída do site da exposição, a 8/1/2019

    Exposição em Lisboa

    Até ao dia 18 de fevereiro a Fundação Calouste Gulkenkian exibe uma exposição, de entrada gratuita, muito original sobre Eça de Queiróz, considerado um dos mais importantes escritores do século XIX, “Eça e os Maias – Tudo o que tenho no bolso“. Fotografia, pintura, escultura, música e filmes, caricaturas, cartas, crónicas, peças do espólio pessoal do autor, mostradas pela primeira vez em Lisboa. Para além da exposição a Fundação organiza também conversas, sessões de cinema, e também… “jantares queirosianos”.

    Aqui trazemos artigo sobre o autor, para aguçar o apetite para esta jornada e dar assim as boas vindas ao Ano Novo, celebrando a cultura portuguesa no seu melhor!

    Eça de Queiroz – Do romantismo ao realismo
    Na segunda metade do século XIX, e mais especificamente a partir do Cenáculo, da Questão Coimbrã e das Conferências do Casino, onde emergiu a Geração de 70, começou a impor-se em Portugal, à semelhança do que aconteceu nos mais influentes países europeus, uma nova corrente literária, que ficou para a história com a designação de Realismo.

    Anteriormente, no período romântico, onde sobressaíram Almeida Garrett, Alexandre Herculano e Camilo Castelo Branco, havia uma abordagem algo fantasiada do mundo, da natureza e da humanidade.

    Os realistas procuraram descrever a vida tal como ela efetivamente se apresenta, avançando já – embora numa perspetiva burguesa – com alguma crítica social, se bem que nalguns casos, como o de Antero de Quental, indo um pouco mais longe (a assunção plena da literatura como instrumento de combate ao serviço da libertação social só viria a surgir após a década de 30 do século XX, com o neorrealismo, que despontou autores da craveira de Alves Redol, Soeiro Pereira Gomes e Manuel Tiago, com livros da dimensão de Gaibéus, Esteiros e Até Amanhã Camaradas). (…)

    (por Adelino Cardoso, cooperador da Mútua)

    Continuar a ler artigo

    Saber mais sobre a exposição https://gulbenkian.pt/evento/eca-e-os-maias/

3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
February
February
February