Campanha Marítimo-Pesca

4 soluções da campanha

Num recente estudo, apurámos que algumas centenas dos nossos clientes de Segurpesca XXI e Multipesca (dois pacotes específicos para a pesca, que contemplam os seguros de Acidentes de Trabalho, Acidentes Pessoais, Compensação Salarial e Perda de Haveres) ainda não possuem seguro de Marítimo-Cascos.
E certamente que muitos outros armadores, com ou sem seguros em diferentes seguradoras, se encontram na mesma situação.
É verdade que, estranhamente, este seguro não é obrigatório, nem sequer na cobertura de responsabilidade civil (ao contrário do que acontece com as embarcações de recreio e de marítimo-turística).
Mas a pergunta que fica é a seguinte:
Uma embarcação de pesca também não está sujeita a causar involuntariamente prejuízos a terceiros e/ou sofrer ela própria danos, que condicionem, ou mesmo inviabilizem a continuação da sua atividade?
Infelizmente, o nosso conhecimento e experiência respondem que sim.

Existem várias explicações para o facto de muitos armadores não possuírem o seguro da embarcação.
Nuns casos, falta de informação, noutros, indecisão.
Mas sabemos igualmente que numa boa parcela sobressai a questão do custo.
E compreende-se, porque estando a pesca cada vez mais fustigada nos rendimentos – pelas razões que todos conhecemos – é natural que exista alguma retração quando se lhe coloca a necessidade de investimentos.
Porque é disso mesmo que estamos a falar: o seguro da embarcação é um importante investimento na solvência de qualquer empresário da pesca.

Feita esta análise, então, compete ao segurador encontrar as respostas adequadas para não deixar ninguém de fora… e foi o que fizemos.

Não corra riscos e faça o seguro pelo valor real da sua embarcação!

Print Friendly, PDF & Email