Sociedade de Geografia de Lisboa comemora o Dia Nacional do Mar

View Calendar
17/11/2021 14:30 - 17:30

“Ciência para o Desenvolvimento Sustentável”, é o tema da conferência via web que se realiza no dia 17 de novembro de 2021 pelas 14h30, para assinalar o Dia Nacional do Mar 2021.

Programa

- 14h30, Abertura pelo Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa, Prof. Cat. Luís Aires-Barros.

- 14h35, “Significado da comemoração do Dia Nacional do Mar”, Presidente da Secção de Geografia dos Oceanos, C.Alm. José Bastos Saldanha.

- 14h45/16h15, Colóquio “A Ciência da Sustentabilidade e a sua Expressão em Portugal”:

  • ”O Doutoramento em Ciências da Sustentabilidade da Universidade de Lisboa”, Prof. Doutor Luís Goulão, Coordenação do Doutoramento | Instituto Superior de Agronomia (ISA-ULisboa).
  • ”O Doutoramento em Ambiente e Sustentabilidade da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa”, Prof.ª Cat.ª Maria Paula Antunes, Coordenadora do Doutoramento (Participação a confirmar).
  • Depoimentos alusivos:
    _“A 3.ª Avaliação do Estado Global do Oceano (Processo Regular) das Nações Unidas, Prof.ª Cat.ª Maria João Bebianno, membro do Grupo de Peritos das Nações Unidas para a Avaliação da Qualidade do Ambiente Marinho incluindo os Aspetos Socioeconómicos | CIMA, Universidade do Algarve.
    _“A Década das Nações Unidas das Ciências do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030)”, Prof. Doutor Luís Menezes Pinheiro, Presidente do Comité Português para a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI/UNESCO) | CESAM, Universidade de Aveiro.

- 16h20/16h45, Conferência “Uma Nova Abordagem Europeia para uma Economia Azul Sustentável”, Dr. Miguel Marques, Blue Info by Skipper & Wool.

- 16h50, Encerramento.

A escolha do tema “Ciência para o Desenvolvimento Sustentável”

Como tema amplo da sessão elege-se a Ciência para o Desenvolvimento Sustentável, porque o Relatório de Desenvolvimento Sustentável Global de 2019 (“O Futuro é Agora: Ciência para Alcançar o Desenvolvimento Sustentável” publicado em 2019 [Global Sustainable Development Report, https://sdgs.un.org/gsdr]) reconhece à Ciência da Sustentabilidade (p. 120) a abordagem científica aplicável à Agenda 2030, mas que se presume possa ser empregue noutras interfaces de ciência-política-sociedade, tais como:

- A Convenção sobre Diversidade Biológica de 1992 (define três objetivos principais: a conservação da diversidade biológica, o uso sustentável dos seus componentes e a partilha justa e equitativa dos benefícios provenientes dos recursos genéticos).

- A Primeira Avaliação do Oceano Global 2010-2014 (base científica importante para intervenção política nos assuntos do mar), a Segunda 2016-2021 (informação científica sobre o estado do meio marinho para apoiar decisões e ações na concretização dos SDG, em particular do Objetivo 14) e está em curso o lançamento do programa de trabalho da Terceira.

- O Acordo de Paris 2015 no âmbito da Convenção Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climáticas 1992 (a redução faseada das emissões dos gases com efeito de estufa e a adoção de medidas de mitigação daquelas emissões ao mesmo tempo que se promove o desenvolvimento sustentável).

- A Década das Ciências do Oceano para o Desenvolvimento Sustentável 2021-2030 (enuncia seis resultados para a sociedade).

- Uma Nova Abordagem para uma Economia Azul Sustentável na União Europeia (comunicação da Comissão Europeia 17.5.2021 COM(2021) 240 final) reconcilia o desenvolvimento económico e melhora os meios de subsistência e inclusão social das atividades marítimas e costeiras, mediante o combate à crise climática, a proteção da biodiversidade e dos ecossistemas, o uso responsável de recursos e a concretização da ambição da poluição zero ― o desenvolvimento sustentável da Economia Azul é entendido como essencial para alcançar os objetivos do Pacto Ecólogico Europeu e para assegurar uma recuperação verde e inclusiva pós-pandemia.

- Estratégia Nacional para o Mar 2021-2030 (baseia-se na importância do conhecimento científico, na proteção do Oceano, na valorização dos serviços dos ecossistemas marinhos e no reconhecimento do seu papel como vetores de desenvolvimento sustentável e, em paralelo, na robustez dos setores tradicionais e emergentes da economia azul ― orientando-se em torno de dez objetivos estratégicos para a respetiva vigência).

Ciência da Sustentabilidade e Desafio da Sustentabilidade

Ciência da sustentabilidade, enunciada no sítio do PNAS é “um campo de investigação emergente para tratar das interações entre os sistemas natural e social e do modo como essas interações influenciam o desafio da sustentabilidade: satisfazer as necessidades das atuais gerações e das futuras, enquanto se reduz significativamente a pobreza e se protegem os sistemas de apoio à vida do planeta”. (Kates, RW (2011). What kind of a science is sustainability science? Proceedings of the National Academy of Sciences, December 6, 2011, vol. 108, no. 49, 19449–19450).

(Informação da Sociedade de Geografia de Lisboa)

Link de acesso à plataforma Zoom: https://us06web.zoom.us/j/82432343020?pwd=UFRUMGlNZDk2UEUxcHkvWjR4a2U3Zz09
ID da reunião: 824 3234 3020 – Senha de acesso: 533335
SGL: 935 425 401 | geral@socgeografialisboa.pt | www.socgeografialisboa.pt