Mútua dos Pescadores, 1ª cooperativa de utentes de seguros

A Mútua é a primeira e única cooperativa de seguros portuguesa, que celebrará em 2022 oitenta anos de história enquanto Mútua de Seguros. À experiência mutualista no sector das pescas que acumulou durante décadas, juntou-se a partir de 2000, a intervenção noutras atividades marítimas, como a náutica de recreio, marítimo turística, pesca desportiva ou mergulho, e hoje tem respostas para proteção de todas as pessoas e dos seus bens, das suas habitações, de todas as atividades económicas, das associações, das entidades do setor público e do setor cooperativo e social.

Torne-se cooperador da Mútua dos Pescadores! Saiba mais aqui e beneficie de serviços e produtos disponibilizados pelas várias entidades parceiras!


Para consultar o calendário de eventos e iniciativas clique aqui!


DIA INTERNACIONAL DO MARÍTIMO

Organização Marítima Internacional

Neste dia 25 de junho assinala-se o 10.º aniversário do Dia Internacional do Marítimo.
Os marítimos estão na linha de frente da pandemia do COVID-19, desempenhando um papel essencial na manutenção do fluxo de bens vitais, como alimentos, medicamentos e suprimentos médicos. Este ano, a campanha do Dia Internacional do Marítimo insta os Estados Membros a reconhecerem os marítimos como trabalhadores-chave.

Ler Mais

Imagem: LUSA/José Sena Goulão

Aumento da quota de sardinha até 31 de julho

Disponibilizado o Despacho governamental de 22 de maio e o novo despacho de redução das quantidades diárias de 8 de junho

A pesca do cerco à sardinha por Portugal e Espanha tem motivos para respirar de alívio com o aumento fixado para 9500 toneladas para o conjunto dos países até ao final de julho. Um aumento que vem reconhecer as melhorias que têm vindo a ser anunciadas pelos dirigentes das organizações ibéricas, com a aplicação do plano de recuperação conjunto desta espécie, e uma tendência que o setor espera que se confirme durante o resto do ano.

Ler Mais

“Estamos todos no mesmo barco, ou estamos todos no mesmo Mar?”

Carta Aberta das Coletividades de cultura, recreio e desporto

O Dia 31 de maio é também Dia das Coletividades e aqui deixamos Carta Aberta da Confederação das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto, que na sequência da situação de incerteza em que vivem muitas coletividades, volta a alertar uma vez mais para a necessidade de valorizar o papel destas estruturas nas comunidades, tendo já audiência marcada com o senhor Presidente da República.

Ler Mais