Reabertura de dependências ao público a partir de 6 de maio

Em conformidade com o Decreto-Lei n.º 20/2020, de 1 de maio, a crise de saúde pública provocada pela pandemia de COVID-19, entrou na fase de calamidade o que, de acordo com as autoridades de saúde, deve continuar a merecer os maiores cuidados de higiene e etiqueta respiratória e limitação no contacto social. No entanto, a importância de retomar o regular funcionamento da nossa sociedade, aconselha a que possam ser reativadas as atividades económicas e progressivamente praticado o contacto e atendimento presencial.

Torne-se cooperador da Mútua dos Pescadores! Saiba mais aqui e beneficie de serviços e produtos disponibilizados pelas várias entidades parceiras!


Para consultar o calendário de eventos e iniciativas clique aqui!


Desenho de Josef Lee, Singapura em https://www.tv7dias.pt/homenagem-aos-profissionais-de-saude, a 8-5-2020

COVID-19 – Fundo Solidário do setor segurador

Nova informação

A Mútua dos Pescadores participa em Fundo Solidário criado pela Associação Portuguesa de Seguradores (APS), que se destina a apoiar os familiares de um conjunto de profissionais que, durante o período do Estado de Emergência e no exercício da sua profissão ou de missão voluntária, tenham testado positivo à COVID-19 e, em consequência dela, tenham falecido ou venham a falecer.
O Fundo, criado em maio de 2020, foi alargado em julho, aos profissionais infetados durante trabalho de voluntariado.

Ler Mais

Regresso ao mar!

Depois de uma longa ausência, as embarcações e empresas vocacionadas para o turismo marítimo e fluvial regressam aos seus postos de vigia nos cais na expetativa de receberem a bordo os tão esperados visitantes. É tempo de redescobrir a costa, os nossos rios e barragens!

Ler Mais

DIA INTERNACIONAL DO MARÍTIMO

Organização Marítima Internacional

Neste dia 25 de junho assinala-se o 10.º aniversário do Dia Internacional do Marítimo.
Os marítimos estão na linha de frente da pandemia do COVID-19, desempenhando um papel essencial na manutenção do fluxo de bens vitais, como alimentos, medicamentos e suprimentos médicos. Este ano, a campanha do Dia Internacional do Marítimo insta os Estados Membros a reconhecerem os marítimos como trabalhadores-chave.

Ler Mais

Imagem: LUSA/José Sena Goulão

Aumento da quota de sardinha até 31 de julho

Disponibilizado o Despacho governamental de 22 de maio e o novo despacho de redução das quantidades diárias de 8 de junho

A pesca do cerco à sardinha por Portugal e Espanha tem motivos para respirar de alívio com o aumento fixado para 9500 toneladas para o conjunto dos países até ao final de julho. Um aumento que vem reconhecer as melhorias que têm vindo a ser anunciadas pelos dirigentes das organizações ibéricas, com a aplicação do plano de recuperação conjunto desta espécie, e uma tendência que o setor espera que se confirme durante o resto do ano.

Ler Mais